Isso é “Zamrock!!” // Jagari & Rikki (Legendado em Português)

Embarque numa jornada psicodélica pelo Sul da África com os veteranos do rock Jagari Chanda e Rikki Ililonga enquanto se preparam para uma turnê pela França para apresentar para uma plateia internacional pela primeira vez o musical inovativo Afro-Global que eles criaram nos anos 1970.



TÍTULOS >

24 de outubro de 1964
A era colonial termina e Kenneth Kaunda se torna o primeiro presidente da República da Zâmbia
Um guitarrista e entusiasta musical, Kaunda, cria programas para promover arte
Otimismo dá lugar às dificuldades com a queda da indústria do cobre nos anos 1970
“Kitwe, lugar onde o sol sempre brilha
Bem, quase sempre!”
Geograficamente cercada por terra e politicamente isolada para apoiar movimentos de libertação na região sul da África
Zâmbia alcança o mundo com a linguagem global do ROCK
“Se você está se sentindo deprimido, pra baixo, perturbado, irritado
Sem sorte, triste, frustrado, ou selvagemente demente
Então pessoal, nós sugerimos que você procure um lugar tranquilo
Entre em estado meditativo e cure aquela dor de cabeça escutando…”
ZAMROCK

JAGARI CHANDA > (Cantando) “Eu vou te contar a história do meu amigo com o nome de Groovy Joe.” Colega, amigo, semelhante. Ele é semelhante a mim? Músico, companheiro de turnê. Muitos nomes ele possui mas ele é Rikki Ililonga. Ele é meu amigo na música e nós estamos na residência dele agora. Rhodes Park, Lusaka. Nós estamos nos preparando para uma turnê na Europa semana que vem. Nós já ensaiamos um pouco e ainda temos trabalho a fazer mas definimos uma boa base em nosso ensaio. Eu acho que lá iremos nos divertir e nós estamos prontos.

RIKKI ILILONGA > Eu estou muito entusiasmado. Estou esperando por isso. Voltar para aqueles dias, na verdade são coisas da nossa juventude. Nós somos homens velhos agora então isso é música que fizemos há uns 40 anos atrás.

JAGARI > Me diga uma coisa. Quando um piloto atinge 80 anos de idade, ele precisa mudar sua carreira? Ele não precisa, ele é um piloto. Ele apenas melhora com os dias. O mesmo acontece com um artista, um músico, ele apenas melhora com os anos. É como vinho, quanto mais velho melhor. Você escolhe permanecer onde quer estar ou você pode envelhecer se negligenciar suas habilidades artísticas.

RIKKI > Para aqueles que não conhecem muito a África, nós não estamos vivendo em isolamento aqui. O movimento hippie, as flores, amor e tudo, Woodstock, nós fomos parte daquela cultura também. Foi um tempo em que o país acabara de conquistar a independência e tinha muito mais otimismo no ar.

A música que escutávamos foi o que nos influenciou. Se o disco estava entre os 10 mais no Reino Unido, estava entre os 10 mais aqui. Se você tinha uma banda, você sonhava em ser como os Beatles ou Rolling Stones.

JAGARI > O clímax deste lance aconteceu entre ´72 e ´79, aproximadamente. Musicalmente, Rikki vem destes lados e eu venho da parte norte então eu tinha muitos grupos lá, e ele tinha muitos grupos aqui. Quando eu escuto de novo, vejo muito talento na banda e geralmente em bandas daquela época porque eles eram músicos sérios tocando instrumentos de verdade e a fim de aprender mais.

Amor é o tema mais simples para escrever letras de música. Se apaixonando ou desapaixonando. Qualquer um pode compor usando esta inspiração. Está bem, talvez você não seja para mim. Esse tipo de coisa. Eu sinto saudades mas ao mesmo tempo deixo a natureza seguir seu curso, isso é o que a canção fala.

Não é sempre que compomos canções baseadas em nossas experiências pessoais. Algumas vezes somos inspirados por situações e pessoas alheias. Eu posso olhar para certas pessoas e dizer se elas estão apaixonadas. Como elas estão se sentindo na presença uma da outra? E eu posso escrever uma canção sobre isso. Mas também se consegue uma canção do jeito que o Rikki estava fazendo. Seria uma canção ‘brincadeira de criança’.

RIKKI > Esta é uma discussão contínua, eu acho que ainda é nos dias de hoje, sobre como se chamaria música zambiana autêntica tocada por instrumentos ocidentais. Se torna uma tarefa difícil porque estamos entre o Congo e a África do Sul então nós somos este tipo de mistura mas intimamente temos nossa própria música popular e tradicional.

JAGUARI > Nós temos 10 províncias, com 72 grupos étnicos. Isso nos dá um grande repertório de música étnica.

RIKKI > Quando fomos desafiados pelos políticos da época que precisávamos fazer algo muito mais autêntico, eu pensei se você quer alguma autenticidade, então vamos pôr nos tambores mas sem causar estranhamento com as guitarras nem com outras influências com as quais estivemos vivendo. Não podíamos verter nossa pele tão rápido.

JAGARI > Por mais que quiséssemos tocar rock do mundo ocidental, nós somos africanos. Então a outra parte vem da África – Zâmbia. Então é um rock tipo zambiano – Zamrock.

RIKKI > No começo as pessoas estavam confusas porque era novo. Nunca teve alguém fazendo este tipo de coisa antes então era único e funcionou.

O que nós tocávamos não era realmente sofisticado. Rock ’n’ roll é coisa de 3 acordes, é música simples. É algo que se joga na cara das pessoas e ou eles gostam ou desgostam. Ponto. Mas nós estávamos nos divertindo e sendo pagos por isso então estava bom para mim.

JAGARI > Este é um ano especial para mim. É um ano especial porque pela primeira vez eu serei capaz de tocar um concerto na Europa. Nunca é tarde demais. Nunca se sabe o que Deus nos reserva.

RIKKI > Eu só espero que ninguém se entedie mas fizemos um bom trabalho na época. Nós ainda podemos fazer. É apenas rock ‘n’ roll. É apenas Zamrock, se preferir.

ENTREVISTADOR > Sem medo?

JAGARI > Não. Como um mecânico pode temer um caminhão, não importa se foi feito na Zâmbia ou na Europa. Um caminhão é um caminhão, ele vai concertar o motor. Esse é o jeito de olhar a coisa. Eu sou um músico, quando a música vem, eu toco.

TÍTULOS >

Nos anos 1970, Jagari Chanda foi vocalista líder de Zamrock da banda WITCH
WITCH é a abreviação de “Nós pretendemos causar desordem”
Rikki Ililonga foi guitarrista líder Zamrock dos pioneiros Music-O-Tunya
Music-O-Tunya era o nome original das Cataratas Vitória e significa “a fumaça que troveja”
Jagari e Rikki, juntamente com alguns outros músicos zambianos, são lendas dos anos 1970 ainda hoje agitando
França, dezembro de 2012

Tradução para português brasileiro por Adriana Cunha | Posted: March 7, 2013

No comments:

Post a comment